| Claudio Lacerda



CD . Cantador . Claudio Lacerda

     

 

Decisão
(Julio Bellodi / Cláudio Lacerda)

Eu já sei por onde onde ir
Onde leva meu coração
Já não quero mais fingir
Chega de ouvir a tal da razão

Meu caminho eu vou seguir
Mesmo que pague com a solidão
Você tem de decidir
Será que esse amor foi todo em vão ou não?

Vale a pena se viver
É o que as estrelas têm pra contar
E ninguém vai me deter
Ainda que muito eu tenha a lutar

Tive um sonho com você
Que nos unia em algum lugar
Então pude compreender
Que existe muito mais a sonhar e viver

Eu vou em frente pela estrada dessa paixão
E simplesmente quero a sua decisão
Eu vou em frente pela estrada dessa paixão
E simplesmente quero a sua decisão, ou não


Lágrimas
(Julio Bellodi / Cláudio Lacerda)

Se o céu se abrisse
E eu pudesse ver o sol
Talvez outra luz surgisse
Como um novo arrebol

Quem sabe eu compreendesse
O quê essa gente faz
Ferindo nosso planeta
Sujando os próprios quintais

No meio dessa fumaça
No campo e nas capitais
O homem também é caça
Tanto quanto os animais

Eu sei que essa gente pensa
Que isso tudo tanto faz
Mas é uma ferida imensa
Só resta voltar atrás

Apenas ter o prazer, nada mais
De por os meus pés no chão
Ouvir nas matas em todos os tons
O canto dos sabiás

E a cada lágrima que o céu chorar
Existe outra que corre no olhar
Águas que juntas transbordam o mar
Voltam pra nos avisar


Canta que é bonito
(Julio Bellodi / Cláudio lacerda)

Na minha vida nunca liguei pra dinheiro
Nem dou guarida pra qualquer tipo de dor
Na minha vida muita coisa vem primeiro
O cheiro da morena que parece inté uma flor

O importante é só que seja verdadeiro
Abençoado pelas mãos do criador
Como o canto de um galo na campina
E o sol que ilumina e nos empresta seu calor

Canta canta canta que é bonito
Canta é que é pro peito se alegrar
Canta que a tristeza vai embora
E é sempre nessa hora que o sorriso tem lugar

Não é que eu queira lhe vender algum conselho
Sem compromisso você pode me escutar
Mas este mundo está cheio de perigos
Cultive bons amigos para ter com quem contar

Existe sempre um motivo, uma canção
Que traz sentido pra você continuar
Existe sempre um amor no coração
Que é feito melodia simples, boa de cantar

Canta canta canta que é bonito
Canta é que é pro peito se alegrar
Canta que a tristeza vai embora Procurando encontrar
E é sempre nessa hora que o sorriso tem lugar


Sina de Cantador
(Edmundo Villani Côrtes / Julio Bellodi)

Eu trago nas mãos a viola
Que inventa razões pra viver
E quando a tristeza me amola
Eu toco e pago pra ver

Saí do sertão bem menino
Vagando sem ter pra onde ir
Na estrada, na fome: o destino
Mais uma porteira pra abrir

Parando em lugares estranhos
Vi mortes, misérias sem fim
E dores de todos tamanhos
Entravam tão dentro de mim

Sózinho e sempre seguindo
Fui desaprendendo sorrir
Mas tinha um sonho e fui indo
Achei a razão pra insistir

Êh vida, êh voz, êh sina de cantador
Êh vida, verso divino de Nosso Senhor

Um velho, uma velha viola
Que um dia eu encontrei
Abriram de vez a gaiola
E um cantador me tornei

E hoje por todos os cantos
Meu canto se espalha no ar
E funde sorrisos e prantos
Ensinando o povo a cantar

Agora essa voz no meu peito
Alimenta os dias meus
Cantando direto e direito
Estou bem mais perto de Deus

Contei pra vocês minha vida
Pois a minha vida é cantar
Levar pra essa gente sofrida
Histórias que aprendi contar

Êh vida, êh voz, êh sina de cantador
Êh vida, verso divino de Nosso Senhor

Ano: 2010
Categoria: MPB