| Samira Rahal



CD . Vôo no popular . Samira Rahal

     

Sina de cantador
(E. Villani-Côrtes . Julio Bellodi)

* Na gravação houve um erro na letra e foi cantado “invento”.
** Na gravação houve um erro na letra e foi cantado “é”.

Eu trago nas mãos a viola que *inventa razões pra viver.
E quando a tristeza me amola eu toco e pago pra ver.
Sai do sertão bem menino vagando sem ter pra onde ir.
Na estrada, na fome, o destino, mais uma porteira pra abrir.

Êh! Vida
Êh! Voz
**Êh! Sina de Cantador
Êh! Vida, verso divino de nosso Senhor.

Parando em lugares estranhos, vi mortes, misérias sem fim,
E dores de todos tamanhos entravam tão dentro de mim.
Sozinho e sempre seguindo fui desaprendendo a sorrir,
Mas tinha um sonho e fui indo achei a razão pra insistir.

Eh! Vida
Êh! Voz
**Êh! Sina de cantador.
Eh! Vida, verso divino de nosso Senhor.

Um velho, uma velha viola que um dia eu encontrei,
Abriram de vez a gaiola e um cantador me tornei.
E por todos os cantos, meu canto se espalha no ar
E funde sorrisos e prantos ensinando o povo a cantar.

Eh! Vida
Êh! Voz
**Êh! Sina de cantador
Eh! Vida, verso divino de nosso Senhor.

E agora essa voz no meu peito alimenta os dias meus.
Cantando direto e direito estou bem mais perto de Deus.
Contei pra vocês minha vida, pois a minha vida é cantar.
Levar pra essa gente sofrida histórias que aprendi contar.

Eh! Vida
Êh! Voz
**Êh! Sina de cantador
Êh! Vida, verso divino de nosso Senhor.

La ia laiá…

Ano: 2008
Categoria: Música Erudita